Na última quinta-feira (14), após 18 dias de intenso trabalho no Sertão, o Corpo de Bombeiros Militar da Paraíba (CBMPB) desativou os postos de Comando Avançado e de Monitoramento da barragem Pedra Lisa, localizados nos municípios de Olho D’Água e Imaculada, respectivamente.

Os postos atuaram durante este período executando o acompanhamento diário da situação da barragem que apresentava ameaça de rompimento e seu curso de água afetaria diretamente a cidade de Olho D’Água, situada a 38 km do ponto de risco. Em parceira com a Defesa Civil e a Agência Executiva de Gestão das Águas (Aesa), o CBMPB elaborou o plano de ações que incluía o registro de moradores da localidade de risco, aviso sonoro com o alerta informativo, comunicação em tempo real entre as equipes sobre possível rompimento, ativação ininterrupta dos postos para remoção dos moradores caso fosse necessário, entre outras atividades necessárias para a salvaguarda da população local.

Com o apoio do 1° e 2° Comandos Regionais de Bombeiro Militar (CRBM), o 3° CRBM atuou com todas as suas unidades 24h por dia durante este período com o reforço no efetivo, emprego de viaturas e equipes de especialistas em salvamento e monitoramento aéreo com o uso de drones.

O escoamento da barragem através de tubulações foi realizado de modo a obter a gradativa redução do volume de água. No momento, ações de reparo estão sendo executadas para que seja garantida a completa segurança do local. Apesar da situação controlada, o CBMPB continua a serviço da população paraibana com o objetivo de proteger e salvar vidas.

Após 18 dias de trabalho ininterrupto e situação controlada, Corpo de Bombeiros desativa postos na barragem Pedra Lisa