Na manhã desta sexta-feira (16), o Corpo de Bombeiros Militar da Paraíba (CBMPB) realizou uma operação conjunta com o apoio da Polícia Militar da Paraíba (PMPB), a fim de apurar uma denúncia acerca de venda ilegal de gás, recebida através do 193, número de emergência do Corpo de Bombeiros.

A ação aconteceu na comunidade do Timbó, na capital, e contou com o efetivo dos militares e viaturas empenhados no caso. No momento em que chegaram ao local, não foi constatada a venda ilegal de Gás Liquefeito de Petróleo (GLP).

O Corpo de Bombeiros orienta à população que adquiram botijão de gás apenas de locais credenciados e autorizados a esta finalidade. De acordo com a lei nº 9.847, de 26 de outubro de 1999, que versa sobre a fiscalização das atividades relativas ao abastecimento nacional de combustíveis, é vedado:

I – exercer atividade relativa à indústria do petróleo, ao abastecimento nacional de combustíveis, ao Sistema Nacional de Estoques de Combustíveis e ao Plano Anual de Estoques Estratégicos de Combustíveis, sem prévio registro ou autorização exigidos na legislação aplicável.

A Diretoria de Atividades Técnicas, dentre suas várias atribuições, realiza ainda a verificação de locais que forem indicados por venderem de forma ilegal o gás de cozinha. As denúncias podem ser feitas através do número 193, não necessitando identificação.

Corpo de Bombeiros realiza operação conjunta com a PM para apurar venda ilegal de gás